Novidades – National Geographic 213

Na edição de dezembro de 2018 da National Geographic, destacamos os seguintes artigos:
Caçadores de Bíblias – Na fronteira difusa entre arqueologia e religião, colecionadores e oportunistas tentam, numa corrida vertiginosa, localizar textos sagrados antigos e valiosos.
Ecos da Grande Guerra – Um século após o fim da Primeira Guerra Mundial, as marcas da cruel contenda permanecem vivas na memória coletiva dos cenários onde se desenrolou.
Os pumas da Patagónia – Para os criadores de ovelhas desta região do Chile, os pumas são um pesadelo que ameaça o gado. Para os turistas, são uma atração. Um projeto inovador pretende criar condições para que estes felinos sejam tão valiosos para a economia como o são para a conservação do ambiente.
A crise do óleo de palma – O óleo de palma é um dos produtos mais procurados no mundo, mas a sua produção causa a desflorestação e danos ambientais em muitos países asiáticos. Em África, o Gabão tenta pôr em marcha um modelo de produção que assegure também a conservação das florestas primárias.
Comunidade baleeira – Para os inupiat, uma comunidade indígena do Alasca, a vida gira em torno da caça à baleia. Esta atividade praticada durante milénios fascinou o fotógrafo Kiliii Yuyan, que passou dez meses junto desta comunidade para documentar as tradições ancestrais remanescentes.

Deixe um comentário

%d bloggers like this: