Novidades na biblioteca: National Geographic, 211

Chegou a revista de outubro.
O artigo de capa concentra-se este mês “na Amazónia e nas chamadas tribos incontactadas, as comunidades indígenas com escasso ou nulo contacto com o mundo moderno. São cápsulas do tempo da evolução da nossa espécie, mas carecem de proteção. O avanço desmedido da desflorestação coloca em risco as últimas tribos”.
Outro artigo aborda “um projecto de investigação biomédico que começou há mais de duas décadas com um mergulho inesperado numa gruta algarvia e que culmina agora com a aprovação de uma nova patente com aplicações terapêuticas”.
“Em plena expansão económica chinesa, justifica-se uma questão premente: como se alimenta o gigante asiático e que implicações para o mundo terá o investimento chinês nas ciências agrárias? Em campos distantes, reinventa-se a agricultura.”
Com a revista, viajamos ainda para “o Irão à procura das comunidades nómadas”.
E “em Portugal assinalamos um ano sobre os incêndios devastadores da Beira Alta através do projecto documental de um fotógrafo que decidiu registar tudo o que se perdeu por acção do fogo em 15 e 16 de Outubro de 2017”.

Deixe um comentário

%d bloggers like this: